• Home
  • Turismo
  • Património
  • Arquitetónico

Património Arquitetónico

Igreja Matriz de Cesar

Construída entre 1802 e 1810, teve posteriores e sucessivas transformações. A sua construção é simples e sóbria, apresentando linhas setecencistas, com duas torres e nave. A frente é coberta de azulejos artísticos.

Capelas

No total, existem duas Capelas na freguesia de Cesar.

  • Capela da Nossa Senhora da Esperança e Santa Apolónia - data do século XVIII, tendo sido reconstruída em 1948. Sita numa pequena elevação sobranceira ao Lugar de Vilarinho.
  • Capela da Nossa Senhora da Graça - reconstruída em 1908. A imagem da Senhora da Graça, em madeira, é setecentista. Trata-se de uma Capelinha com adro adjacente, de onde se desfruta de um dos mais bonitos panoramas de Cesar.

Alminhas

No total, existem dez Alminhas na freguesia de Cesar.

  • Lugar de Camum - uma na Rua Central de Camum e outra na Rua Inocência Silva Coelho.
  • Lugar de Castelo - uma na Rua do Castelo.
  • Cimo de Vila - duas situadas na berma da E.N. 327.
  • Lugar de Gândara - uma na berma da E.M. 544 e outro na Praça da Liberdade.
  • Lugar de Mato d'Arca - uma situada junto à berma da estrada.
  • Lugar de Pedra Má - uma sita na berma da E.N. 327.
  • Lugar de Vilarinho - uma junto à berma da estrada e outra na Rua de Nossa Senhora da Esperança.

Cruzeiros

No total, existem três Cruzeiros na freguesia de Cesar.

  • Cruzeiro de Cesar - construção com características arquitetónicas interessantes, no Lugar da Igreja.

  • Cruzeiro no Lugar de Vilarinho - construção da primeira metade do século XVIII, de grandes braços, assente em pedestal e degraus.

  • Cruzeiro no Lugar de Gândara - construção do tipo triunfal, aparatosa, representante da transição do século XIX para o século XX.

Quintas

No total, existem três Quintas na freguesia de Cesar.

  • Quinta da Torre de Cesar - edifício de época medieval, da qual não restam vestígios. Erguia-se a vivenda com cadeia e quinta dos senhores da honra de Cesar e Gaiate.
  • Quinta da Herdade - construção servida por um belo aqueduto em moinho, ainda em funcionamento.
  • Quinta do Outeiro - contém a Capelinha privativa de Santa Luzia.

Casa dos Brasileiros

Nos primeiros anos do século XX, Cesar acorda para a expansão urbana. Na origem, estiveram "os brasileiros" que, tendo sido bem sucedidos lá fora, aqui fizeram as suas casas, denomidades "vilas" pelos seus proprietários, como que para as distinguir das restantes construções da freguesia. As casas eram chalés de gosto brasileiro.

Cesar é hoje uma vila muito industrializada, tendo-se voltado para este setor de desenvolvimento na última década do século XIX. Foi em 1890 que se instalou a primeira indústria.

O comércio e os serviços também são parte importante na economia da freguesia.

Bookmakers bonuses with gbetting.co.uk click here